Rua Major Gabriel, 1721, Centro

Projeto mais vida – 26/11/2021

OBJETIVOS: Apoiar a reconstrução de vínculos de afetividade e sociabilidade, estimulando a integração, a cidadania e o combate às desigualdades sociais, por meio de atividades lúdicas, esportivas, culturais e de atendimentos fisioterápicos e psicológicos a serem desenvolvidos nos Centros Estaduais de Convivência da Família e do Idoso e Áreas Adjacentes, na cidade de Manaus.
CAMPO DE ATUAÇÃO: Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola; Centro Estadual de Convivência da Família Teonízia Lobo; Centro Estadual de Convivência da Família 31 de março; Centro Estadual de Convivência da Família Maria de Miranda Leão; Centro Estadual de Convivência da Família André Araújo; Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou e Centro Estadual de Convivência do Idoso, situados na cidade de Manaus.
JUSTIFICATIVA: O direito ao convívio é assegurado, ao longo do ciclo de vida, por meio de um conjunto de serviços locais que visam a convivência, a socialização e a acolhida das pessoas que estão fragilizadas emocionalmente. No Amazonas, os Centros Estaduais de Convivência da Família e do Idoso integram as ações sociais do Governo do Estado e configuram-se como um serviço realizado em grupos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo com o seu ciclo de vida, a fim de complementar o trabalho social com famílias e prevenir a ocorrência de situações de risco social.
METODOLOGIA: A equipe técnica prevista no projeto atuará em todos os Centros Estaduais de Convivência da Família e do Idoso de forma a proporcionar suporte técnico ideal à SEAS. Deverá, também, organizar e consolidar os dados dos usuários participantes dos serviços oferecidos pelos CECF e CECI, subsidiando a elaboração instrumental para mensurar o trabalho desenvolvido em cada área, propiciando a otimização das ações de planejamento.

Pular para o conteúdo Clique para ouvir o texto destacado!